Como fazer prevenção a fraude e gestão de fraudes no meu e-commerce?

Publicado em 29 de março de 2022

O número de tentativas de fraudes no Brasil, tem crescido ano a ano. Por isso, estar preparado para reconhecer pedidos e transações suspeitas e realizar a prevenção de fraude é essencial para qualquer e-commerce.

Segundo levantamento feito pelo Indicador de Tentativas de Fraude da Serasa Experian Dados sobre fraude no Brasil, o primeiro semestre de 2021 registrou um total de 1,9 milhão de ataques fraudulentos. Isso é, uma tentativa a cada 8 segundos.

Esse número representa um aumento de 15,6% em relação ao mesmo período em 2020. O motivo, é o crescimento do mercado de vendas online devido à pandemia do coronavírus.

Devido ao isolamento social, muitos comerciantes abriram negócios na internet ou, ainda, migraram sua loja do físico para o digital. Além disso, os consumidores passaram a preferir compras digitais, aquecendo ainda mais o mercado.

Mas não importa se você é novo no e-commerce ou se já tem uma carreira longa e de sucesso, as fraudes existem e você precisa se preocupar com elas.

Nesse artigo, vamos falar de algumas formas de detecção e prevenção a fraude.

Fonte: Ubiq

A importância de fazer gestão de fraude

Ter uma boa gestão de fraude é essencial, não só para o seu negócio, mas também, para os seus clientes.

Uma pesquisa realizada pela Zoho, mostrou que 48% dos entrevistados, deixariam de comprar se tivessem conhecimento de que a loja foi vítima de algum ataque fraudulento.

Ou seja, além do prejuízo financeiro em sofrer uma fraude no e-commerce, existe o prejuízo de sua marca estar manchada e, consequentemente, você deixará de vender mais e lucrar mais.

Um cliente satisfeito volta sempre para sua loja, indica para os amigos e se torna fiel à marca. Por isso, garantir a segurança, transparência e uma boa experiência é o principal em uma gestão de fraude.

Formas de detectar fraudes no E-commerce

Conseguir identificar fraudes não é uma tarefa fácil! Os fraudadores estão sempre procurando novos métodos de passar pela segurança e enganar os consumidores e os comerciantes. Mas, existem algumas coisas que você pode ficar de olho para detectar fraudes no E-commerce.

  • Verifique o nome e a senha do usuário;
  • Localização do comprador;
  • Pedidos muito acima da média;
  • Grande quantidade de um mesmo produto;
  • Comparar o endereço de entrega com o endereço de pagamento;
  • IP do comprador;

Existe, ainda, a possibilidade de usar sistemas antifraude para e-commerce. O mercado oferece diversas opções, que utilizam tecnologias diferentes para monitorar seu site e os clientes.

Dentre as tecnologias mais comuns, temos Geolocalização, Big Data, Machine Learning, Confirmação de dados e Códigos de segurança. Esse tipo de investimento traz credibilidade e segurança para seu negócio.

Tipos de fraudes no E-commerce

Outra maneira de detectar e reconhecer possíveis ataques é saber quais são as fraudes no e-commerce mais usadas. Então, separamos algumas para você conhecer e se preparar.

Auto Fraude

Esse tipo de fraude acontece quando o cliente pede reembolso por um produto, alegando, falsamente, não estar satisfeito com ele ou que não foi responsável pela compra, mas o fraudador ainda mantém o produto.

Fraude Efetiva

A fraude efetiva acontece quando o fraudador usa cartões e dados roubados de terceiros, para realizar as compras na sua loja. Normalmente, o fraudador coleta muita informação sobre a pessoa, o que dificulta a detecção.

Phishing

O Phishing é extremamente comum. Ele consiste no fraudador se passar por algum conhecido próximo da vítima ou por alguma empresa e solicitar a confirmação de dados pessoais ou ainda, instalar algum programa malicioso que coleta suas informações.

Com os dados em mãos, é fácil para eles se passarem pela vítima e usarem esses dados na hora de realizar uma compra.

Teste de Cartão

Nessa categoria, o fraudador realiza compras de baixo valor no cartão de uma terceira pessoa, para testar a validade das informações e cartões roubados.

Fraude de Triangulação

A Fraude de Triangulação acontece quando o fraudador cria uma empresa falsa e usa a empresa para conseguir dados de terceiros. 

O cliente realiza o pagamento do produto comprado na loja falsa e o fraudador coleta os dados e utiliza para realizar outras compras. Dessa forma, a vítima é lesada duas vezes.

Formas de prevenção a fraude

Existem algumas maneiras de aumentar a segurança do seu e-commerce e fazer a prevenção a fraude.

Além da sua loja, o cliente também precisa tomar cuidados e algumas precauções, por isso, é sempre importante que você relembre algumas dicas básicas de segurança digital para eles, como:

  • Criar boas senhas e não compartilhá-las com ninguém;
  • Usar antivírus e tomar cuidado com softwares piratas;
  • Checar a veracidade dos e-mails recebidos e dos arquivos anexados;

Agora, vamos falar de algumas dicas e sugestões que sua empresa pode usar para melhorar a segurança dos seus clientes.

Gateway de qualidade

Gateway de pagamento é um recurso que faz a ligação entre as diversas partes de uma compra, o cliente, o banco e a bandeira do cartão de crédito. 

Fonte: Nfe.io Blog

O Gateway é a primeira etapa em um pagamento, nele é coletado os dados do cliente e transmitido para as outras partes envolvida. Por isso, escolher um de qualidade oferece mais segurança e praticidade para o cliente e para você.

Token

A Tokenização de pagamentos é uma medida de segurança que cria um código com números e letras e o utiliza para “embaralhar” os dados do cliente. 

Através do token de acesso, essas informações são criptografadas, alterando os dados. Ou seja, mesmo que alguém consiga esses dados, sem o token, eles não podem ser decifrados.

Certificado SSL

Você sabe o que é certificado SSL? O certificado Secure Sockets Layer é aquele cadeado verde que fica na ao lado do link de algumas lojas virtuais. 

O certificado garante que os dados dos clientes são criptografados e protegidos. Dessa forma, as informações bancárias e pessoais dos clientes são garantidas.

Você também pode reconhecer um site com certificado SSL através da URL, que precisa ter “https://” no endereço do site.

Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoas entrou em vigor em setembro de 2020 e regulamenta como os dados pessoais dos clientes devem ser tratados.

Ela protege e garante a integridade dos dados de pessoas físicas e que poderiam ser utilizados para identificar a identidade da pessoa.

Medidas de segurança para o Pix

Com o grande sucesso do Pix, muitas pessoas se tornaram vítimas de fraudes através da plataforma. Então, o Banco Central, recentemente, implementou normas de segurança para as transações.

Photo Illustration by Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Dentre as principais medidas, temos:

  • Limite de transações noturno, definido para até R$ 1mil entre às 20 e as 6 horas.
  • Definir quais contas podem receber transações de valores maiores que os limites. 
  • Alterar os limites de transações. Diminuir o limite tem aprovação instantânea, enquanto aumentar o limite tem aprovação entre 24 e 48 horas.

Não é fácil combater a fraudes no e-commerce, por isso é tão importante que você realize a gestão de fraudes no seu negócio, frequentemente. 

Com nossas dicas você conseguiu encontrar diversas formas de prevenção a fraude, por isso, coloque elas em práticas no seu negócio e veja seu rendimento crescer. Aproveite e veja nosso artigo com as principais ferramentas antifraude.

Se você quiser mais dicas sobre vendas online, não deixe de ler nossos artigos sobre o Google Shopping e como vender pelo Instagram.

E-Commerce
Performance
Por: João Martinez
Publicado em 29 de março de 2022

Marilia - SP

Av. Hygino Muzi Filho, 529

Sala 140 A

+55 (14) 2105-0087

contato@eficazconsultoria.net.br

Barueri - SP

Calçada das Margaridas,

51 - Alphaville Comercial

+55 (11) 3185-4804

contato@eficazconsultoria.net.br

whatsapp