Guia completo de SEO para iniciantes

O SEO é uma estratégia muito utilizada para aumentar o tráfego orgânico do seu site. Por isso, nesse artigo você encontrará o guia definitivo de SEO para iniciantes. Confira e alcance melhores resultados.

Publicado em 25 de novembro de 2022

Chegar até a primeira página do Google é o sonho de qualquer criador de conteúdo, afinal, é ali que está concentrado o maior número de cliques. Mas alcançar esse objetivo não é fácil e nem rápido.

A melhor maneira de colocar seus textos nas primeiras posições dos buscadores é através do SEO, um conjunto de regras e diretrizes que permitem que seu site seja analisado e reconhecido mais facilmente pelo Google.

Para você ter uma ideia do quanto é importante o Google, são mais de 40 mil pesquisas realizadas por segundo no site. Somado a isso, o Search Engine Journal realizou uma pesquisa onde mostrou que 39% dos compradores foram influenciados por uma pesquisa no Google antes de comprar.

Ou seja, se você quer vender mais, precisa estar presente nas buscas. E não só isso, precisa estar na primeira página e entre as primeiras posições. O Hubspot realizou um estudo mostrando que 75% das buscas não avançam para a segunda página.

Nesse texto, vamos fazer um guia de SEO para iniciantes, onde você aprenderá as dicas e regras mais importantes para uma otimização de qualidade no seu site. Com ele, você saberá como encontrar palavras-chave, como escrever um texto otimizado para SEO e outras dicas que facilitam o entendimento do Google.

O que é SEO?

Como esse guia é voltado para quem está começando no mundo do SEO, vamos falar com calma sobre os principais tópicos. A primeira coisa é entender o que é.

SEO quer dizer Search Engine Otimization, ou seja, Ferramenta de Otimização de Busca. Como falamos, são técnicas, dicas e ferramentas utilizadas no site que farão o Google identificar o conteúdo mais facilmente e indexar nas pesquisas.

Se o site já estiver indexado, ótimo! Então o SEO vai melhorar sua posição nas buscas, quanto mais próximo da primeira melhor.

Dicas de SEO para iniciantes

Escrever e realizar otimizações de SEO não é fácil e não será da noite para o dia que você conseguirá bons resultados. Separamos algumas dicas de SEO para iniciante que ajudarão no seu desenvolvimento e nos resultados da sua loja. Confira:

Estratégia

Para começar, a primeira coisa que você precisa ter muito bem definido é sua estratégia. Assim como outras estratégias de marketing, saber qual o objetivo quer alcançar com o SEO é essencial. 

Com uma estratégia bem definida você consegue domar decisões corretas. Apesar de ter baixo custo, para ter bons resultados, o SEO necessita de tempo. Sem uma estratégia e objetivos bem definidos você pode tomar decisões precoces e equivocadas.

Para você ter uma ideia, um estudo da Ahrefs mostrou que 60% dos conteúdos ranqueados na primeira página do Google possuem mais de 3 anos. Ou seja, leva tempo para seu site alcançar autoridade e os melhores posicionamentos.

Crie um calendário de postagens com os conteúdos produzidos, quando postar e aqueles que devem ser atualizados. O Google considera a frequência de publicação como um dos critérios de ranqueamento.

Palavras-chave

Um dos pilares do SEO é a busca e análise de palavras-chave. Palavras-chave são os termos utilizados para realizar uma busca no Google ou em outro site de pesquisa. 

Elas podem ser compostas por um ou mais termos, por exemplo, “SEO” é uma palavra-chave. “O que é SEO” também é uma palavra-chave, mesmo que ela seja composta por mais de um termo.

Funciona assim: você digita uma palavra-chave no Google e ele mostrará os principais conteúdos que tenham relação com a palavra.

E como realizar a busca por palavras? Existem diversas ferramentas na internet onde você pode procurar por um tema ou assunto e encontrar as principais palavras-chave relacionadas a esse assunto.

A principal delas é o Google Keyword Planner, uma ferramenta gratuita que mostra o volume mensal de buscas e a dificuldade de ranquear com essa palavra.

Um grande volume representa que muitas pessoas utilizam essa palavra na hora de pesquisar, já um volume menor significa menos buscas mensais. 

Uma dificuldade alta mostra que muitas páginas estão tentando ranquear para essa palavra, enquanto uma dificuldade baixa significa pouca concorrência e, provavelmente, conteúdos de baixa qualidade.

O ideal é conseguir encontrar palavras que tenham um bom volume de buscas, mas baixa dificuldade de ranqueamento. Dessa forma, você não terá problemas em alcançar as primeiras posições e terá um volume alto de tráfego e pesquisas. 

Faça uma seleção com as principais palavras que você quer utilizar, mas não exagere! Não adianta selecionar muitas palavras-chave se você não conseguirá utilizá-las de maneira natural durante o texto. 

Conteúdos relevantes

Com sua lista pronta é hora de criar conteúdos relevantes e de qualidade. Como fazer isso? Conheça seu público e saiba o que você quer com aquele texto. Conteúdos considerados relevantes são aqueles que respondem às dúvidas e solucionam as dores do cliente.

Esses textos, normalmente, são mais longos e completos. Não existe um tamanho certo, mas o Google dá prioridade para textos maiores. Por isso, evite escrever textos curtos, com menos de 500 palavras.

Uma recomendação é ver os conteúdos que ocupam as primeiras posições para a palavra que você está tentando ranquear e observar o tamanho dos textos, como você pode melhorar, se tem algo que pode acrescentar ou apresentar outra visão sobre o assunto.

Um texto completo e longo não é sinônimo de enrolação. Ficar enrolando para escrever mais e colocar mais palavras-chave não são boas estratégias e o Google penaliza esse tipo de conteúdo.

Ou seja, escreva aquilo que seja necessário para sanar as dores do cliente. Com o tempo você consegue atualizar e aumentar esses conteúdos, sempre surge novos dados e estratégias que precisam ser trabalhados.

Atualizar conteúdos antigos é uma maneira de mostrar para os robozinhos do Google que você está trabalhando nesse texto constantemente e segue as últimas novidade, por isso, é relevante.

Título

Para muito o título é o mais difícil de criar, ele precisa ser cativante, atrair a atenção do público e influenciá-lo a entrar no seu link. Dá para perceber que realmente não é fácil de fazer não é?

Você pode usar gatilhos mentais para induzir o leitor a tomar uma ação e clicar no seu link. Porém, algo que deve sempre estar presente nos títulos é a palavra-chave principal.  

URL

Você sabe o que é a URL do site? É o endereço da sua página na internet. É através dele que os navegadores conseguem encontrar e se conectar à qualquer site do mundo. Muito parecido com o endereço residencial no mundo real. Tendo o endereço, você chega em qualquer lugar.

Mas imagina que, ao invés de receber um endereço que estamos acostumados (Rua/ Avenida X, Núm. Y, bairro Z…) você recebe um endereço estranho, cheio de números e símbolos que não fazem sentido. Fica difícil saber para onde você está indo, não é?

seo para iniciantes

Com as URL é exatamente igual. Muitas plataformas geram endereços aleatórios para as páginas que não são nem um pouco intuitivas. O usuário quer saber para onde está sendo direcionado, isso passa mais segurança e credibilidade para o site.

Por isso, uma boa ação de SEO para iniciantes é criar URLs personalizadas e amigáveis. Uma dica para isso é colocar a palavra-chave principal no link. 

Por exemplo, estamos trabalhando a palavra “SEO para iniciantes”. Qual link seria o melhor?

  • Opção A: www.eficazmarketing.com/?p=7852457
  • Opção B: www.eficazmarketing.com/guia-de-seo-para-iniciante

Com certeza a opção B é a melhor. Por mais que a primeira também seja uma página dentro do nosso site, quem garante que será direcionada para a página que eu quero, não é mesmo?

Outra dica é usar URLs que não precisem ser alteradas futuramente. Está escrevendo um texto com dicas de moda para o verão? Ao invés de colocar “seusite/dicas-de-moda-verao-2022”, coloque apenas 

“seusite/dicas-de-moda-verao”. Isso permite alterar o conteúdo sem precisar mudar o link.

Meta Title

Os títulos meta, são aqueles títulos que aparecem no seu link do Google. A principal função dele é atrair o cliente e convencê-lo de clicar no link. Por isso, o meta title deve ser atraente e usar a palavra-chave principal.

Além de facilitar a indexação do Google, ele mostra para o usuário qual o assunto daquela página. É importante lembrar que existe um limite de caracteres que o Google mostra, por isso, manter-se dentro desse limite é importante.

O recomendado é que o meta título tenha entre 45 e 65 caracteres. O meta título deve ser diferente do título da página!

Meta Description

A meta descrição é semelhante ao item anterior. Ela também aparece nos mecanismos de busca, ficando logo abaixo da URL. A função é muito parecida, apresentar brevemente o tema e convencer o usuário a clicar no link.

Por isso, as recomendações também servem para as descrições. Crie meta descrições atraentes e apresente bem o assunto. Lembre-se de usar a palavra-chave principal, normalmente ela fica em negrito quando está presente na descrição, atraindo ainda mais a atenção.

Como elas são maiores que os meta títulos, possuem um limite maior de caracteres, ainda assim é importante manter-se nesse limite. Escrever meta descrições entre 145 e 165 é o ideal.

Intertítulos

Durante a escrita do texto existem algumas técnicas e dicas que melhoram a experiência do usuário e ajudam a ranquear no melhor no Google.

Dentre elas, podemos destacar o uso de intertítulos. Eles são divisões utilizadas para separar conteúdos dentro de uma mesma estrutura textual, seguindo uma hierarquia. 

Talvez você já tenha ouvido falar em h1, h2, etc. É exatamente isso! Usar intertítulos no texto melhora a compreensão do leitor e facilita que o Google reconheça.

Ninguém gosta de ler textos enormes, os intertítulos permitem que o usuário faça um respiro entre uma parte e outra. Além disso, ele pode navegar facilmente entre as partes do texto.

É recomendado que você coloque apenas um h1 e pelo menos três h2 (título 2) no seu texto. Use as palavras-chave sempre que possível nos títulos e intertítulos, mas não exagere.

Um adicional interessante que você pode fazer é criar um índice, onde o usuário pode clicar e navegar pelo texto facilmente.

Texto alternativo em imagens

O Google Imagens também é uma ferramenta poderosa para atrair clientes e usuários para dentro do seu site, mas é negligenciado por muitos. Como usá-lo a seu favor? Simples, colocando texto alternativo nas imagens.

A principal função dessa tag de imagens é facilitar a compreensão das imagens por programas que realizam a descrição para pessoas portadoras de deficiência visual. Além disso, caso a imagem não carregue no site, essa descrição aparece escrita no lugar.

Mas como falamos, o texto alternativo também serve para colocar essas imagens no Google. Por isso, sempre coloque descrições nas suas imagens e use a palavra-chave principal nela.

Dessa forma, sempre que procurarem por ela, sua imagem estará entre as recomendadas e pode levar mais pessoas para o seu site.

Links internos

Um dos critérios mais importantes no ranqueamento do Google e que vamos tratar nesse guia é a lincagem, tanto interna quanto externa. A lincagem interna acontece quando você cria hiperlinks para outros conteúdos e páginas dentro do seu próprio domínio.

Assim, você consegue colocar conteúdos relacionados ou que julgue ser do interesse daquele leitor. Quem nunca começou a ler um texto na internet e saiu abrindo diversos links?

Essa estratégia busca manter o leitor no site, oferecendo mais conteúdos de qualidade e que possam ajudá-lo na solução do problema.

É recomendado que você coloque, pelo menos, um link interno em cada texto. Mas não existe uma quantidade exata que você precise seguir, quanto maior o texto, mais links você pode adicionar.

Links externos

Já os links externos são aqueles que apontam para páginas fora do seu domínio. São notícias, estudo, pesquisas, depoimentos ou qualquer outro site que julgue relevante para o conteúdo.

Aqui, relevância é a palavra. Quando você realiza uma lincagem externa está mostrando para o Google que confia nesse site e que “compartilha” a sua autoridade com ele

É como uma recomendação, você fala “Olha esse site aqui, confia em mim que ele é bom”. Sendo assim, a lincagem externa é muito importante e deve ser feita cuidadosamente, evitando qualquer site que prejudique sua reputação.

Em contrapartida, quando algum site faz um link para o seu, chamamos isso de backlink. É a mesma coisa, o site está falando que seu conteúdo é relevante e recomendando para outras pessoas. Isso é ótimo!

Mas é sempre bom ter cuidado. Muitos backlinks são feitos por sites que podem prejudicar seu ranqueamento. 

Tempo de carregamento

A experiência do usuário tem se tornado cada vez mais o foco do Google e das grandes empresas. Afinal, se os clientes não estão satisfeitos, de que adianta todo o resto, não é mesmo?

O tempo de carregamento é um dos fatores que mais impactam na decisão de compra. Quanto mais demorado for seu site, maior será sua taxa de rejeição. Por isso, invista em melhorar o desempenho e layouts mais leves.

seo para iniciantes
Foto: Google/ Reprodução: Think With Google

Site e conteúdo responsivo

Assim como o item anterior, esse não está necessariamente relacionado à produção de conteúdo e sim com otimizações no seu site para oferecer a melhor experiência possível para o usuário.

Hoje, a maioria dos acessos acontece por dispositivos móveis e smartphones. O número de celulares só aumenta e o acesso à internet também. Então, você precisa estar preparado para que o site e conteúdo sejam visualizados em telas menores. 

Sites responsivos conseguem adequar-se conforme o tamanho da tela onde ele será visualizado. Isto é, não importa se o leitor acessa de um tablet, computador ou celular a qualidade será mantida.

Responsividade e tempo de carregamento se tornaram critérios de ranqueamento, por isso, não dar as devidas atenções para esses pontos pode estar afetando negativamente seus resultados.

Guest posts

Uma ótima dica para atrair visualizações, links e melhorar seu SEO é com guest posts, em tradução livre seria “postagem convidada”. Ela consiste em fazer parcerias com outros produtores de conteúdo, onde você escreve para outro site e o convidado escreve para o seu.

Isso gera troca de link entre os sites e faz com que os leitores de um se interesse pelo site do outro. Todo mundo sai ganhando!

Procure sites que tenha algo em comum com o seu, que possa complementar aquilo que já trabalha normalmente, e entre em contato.

seo para iniciantes

Seja original

Por fim, a principal dica: seja original. Os muito anos de desenvolvimento do algorítimo e dos robozinhos do Google fizeram eles ótimos em encontrar conteúdos duplicados e copiados.

A penalidade para esse tipo de conteúdo é alta, por isso, seja original. Crie seus próprios textos, pense como você pode contribuir para esse assunto e escreva. 

Conclusão

Escrever não é fácil. Leva tempo até pegar o jeito e, mesmo assim, continua penoso e trabalhoso, mas quando o SEO é feito corretamente os resultados obtidos podem ser muito gratificantes.

Esse guia de SEO para iniciantes é uma porta de entrada para o vasto mundo das otimizações de pesquisa. É importante continuar sempre melhorando e procurando aprender coisas novas.

Por hora, coloque em prática o que aprendeu até aqui. Provavelmente você não vai acertar de primeira, e tá tudo bem! Quanto mais praticar melhor serão seus textos e otimizações.

Para saber mais sobre SEO, confira nossos artigos sobre SEO local e SEO para e-commerce.

Na Eficaz Marketing temos uma equipe especializada em SEO que farão seu e-commerce aparecer no topo do Google. Entre em contato com nosso time!

E-Commerce
Publicidade
Por:
Publicado em 25 de novembro de 2022

Marilia - SP

Av. Hygino Muzi Filho, 529

Sala 140 A

+55 (14) 98144-0557

contato@eficazconsultoria.net.br

Barueri - SP

Calçada das Margaridas,

51 - Alphaville Comercial

+55 (11) 3185-4804

contato@eficazconsultoria.net.br

whatsapp